Top

Entenda a relação entre o consumo de sucos e a obesidade infantil

Entenda a relação entre o consumo de sucos e a obesidade infantil

A obesidade infantil é cada vez maior na população infantil e preocupa muito a todas as especialidades da área da saúde e às próprias famílias.

Existem diversas causas que justificam este grande aumento do ganho de peso das crianças, porém, o consumo de sucos de frutas, principalmente os industrializados, é um fator de extrema relevância neste aspecto.

Existem diversos motivos relacionados ao alto consumo de sucos pelas crianças. Entre eles, os mais frequentes são: baixo consumo de leite e derivados, praticidade, hábito familiar e custo.

E qual a relação entre o consumo de sucos e a obesidade infantil?

O consumo de sucos de frutas, mesmo os naturais, leva à ingestão de uma quantidade maior de calorias, menor de nutrientes e não leva à saciedade. Os sucos de frutas industrializados, por sua vez, além destes fatores, são ricos em açúcar e contêm uma quantidade muito menor de nutrientes, o que leva a uma ingestão calórica ainda maior. Além disso, o volume de suco consumido habitualmente por refeição é muito alto, o que piora ainda mais a situação.

Como combater esta situação?

– Ao invés do suco, prefira sempre oferecer uma fruta in natura à criança.

A fruta in natura, além de conter mais nutrientes e menos calorias, promove a saciedade.

– Opte por sucos naturais e controle o volume oferecido.

Faça sucos naturais caseiros ou opte pelas versões integrais dos sucos de caixinha (100% fruta) e dilua com um pouco de água. Aos poucos, diminua o volume de suco oferecido nas refeições.

Para crianças de 1 a 2 anos: 100ml/dia

2 a 6 anos: 150ml/dia

6 a 19 anos: 240ml/dia  (Sociedade Brasileira de Pediatria, 2012)

– Nos lanches, troque o suco de caixinha pelo leite ou iogurte.

Ao trocar o suco industrializado por uma bebida láctea, estamos aumentando o aporte de nutrientes, garantindo a saúde óssea e maior saciedade à criança.

Sem Comentários

Postar um comentário