Top

Hambúrguer saudável: é possível?

Hambúrguer saudável: é possível?

Dia 28 de maio foi o dia internacional do hambúrguer, uma preparação muito consumida e muito adorada por muitas pessoas.

De modo geral, pode-se dizer que o hambúrguer é tido como um alimento não tão saudável e que deve ser evitado. Ele acaba sendo base para diversos sanduíches mais elaborados, unindo o hambúrguer simples com outros ingredientes: queijos, molhos e pães.

Os famosos “cheese burguer” e “cheese salada” são os mais conhecidos e escolhidos pelo nosso paladar, fazendo parte de momentos de confraternização, comemorações ou de um simples jantar depois de um dia corrido.

Opção prática e saborosa, os sanduíches podem sim ser mais saudáveis e fazer parte de uma alimentação saudável. Fazendo pequenas trocas e optando por versões mais naturais e/ou caseiras, seu sanduíche vai ficar mais nutritivo, além de melhorar o impacto desta refeição no seu organismo.

Confira a seguir as principais dicas para fazer um sanduíche mais nutritivo:

– PÃO

Optar pela versão integral é sempre a melhor opção. Os alimentos integrais são muito mais ricos, tanto em fibras quanto em nutrientes, garantindo maior controle da glicemia e melhora do funcionamento intestinal.

– SALADA

A salada é essencial e enriquece qualquer refeição, oferecendo ao nosso organismo fibras, vitaminas, minerais e compostos bioativos que garantem a manutenção da saúde e equilíbrio do organismo.

– MOLHOS E MAIONESE

Os molhos industrializados possuem quantidades altas de sódio, gordura e, alguns, xarope de glicose. Prefira sempre molhos caseiros, à base de iogurte. Quanto à maionese, prefira as versões industrializadas devido ao risco de contaminação por salmonela e não exagere na quantidade.

– QUEIJO

Opte pelos queijos magros (minas frescal light/ricota) ou pelas versões light dos queijos mussarela e prato. Para os vegetarianos, o tofú também é uma boa opção.

– HAMBÚRGUER

Para reduzir a oferta de gorduras saturadas, opte por cortes mais magros das carnes (patinho, coxão mole/duro, filé mignon) e prefira os hambúrgueres caseiros. Os industrializados são ricos em gorduras, além de conter muitos aditivos e conservantes.

Para o consumo do sanduíche em restaurantes, fique atento ao cardápio e opte por versões mais próximas às orientações acima. As grandes redes de lanches estão enriquecendo cada vez mais seus cardápios, com várias opções mais leves e saudáveis.

Sem Comentários

Postar um comentário