Top

Por que e como aumentar o consumo de derivados do leite?

Por que e como aumentar o consumo de derivados do leite?

O consumo de alimentos lácteos, ou seja, de leite e seus derivados, em todas as faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos e idosos), é cada vez menor. Esta situação é preocupante, pois os alimentos lácteos, tais como leite de vaca, iogurtes, leites fermentados e queijos são ótimas fontes de proteínas e cálcio, importantes para o crescimento e manutenção muscular e óssea, respectivamente. Sendo assim, é extremamente importante garantir a recomendação diária de derivados do leite para cada faixa etária, de modo a garantir a saúde óssea e evitar o possível surgimento de doenças relacionadas, tais como a osteopenia e osteoporose.

Existem diversos produtos e alimentos lácteos no mercado alimentício, o qual está cada vez mais diversificado. A redução ou retirada total de gorduras saturadas e a adição de adoçantes artificiais a bebidas lácteas favorece o consumo destes alimentos por indivíduos que possuem algum tipo de restrição alimentar. Além disso, é possível evitar a monotonia e consumir este grupo alimentar de diversas formas. A seguir, confira 5 maneiras para aumentar este consumo:

– Adicione frutas, cacau e/ou cereais ao leite no café da manhã ou lanches intermediários e deixe seu leite ainda mais saboroso!

– A combinação de leite e/ou iogurte com cereais matinais integrais é sempre uma ótima opção. Experimente!

– Para aqueles que não apreciam o sabor característico do leite, que tal fazer uma vitamina com leite, cereal integral (aveia, por exemplo) e uma fruta?

– Servir o iogurte com pedacinhos de fruta é uma ótima opção. Além de melhorar a aceitação do alimento lácteo, aumenta o consumo de fibras, vitaminas e minerais!

– Os queijos são ótimas opções para recheio de lanches. Opte pelos mais magros, e utilize-os como base para patês e acrescente legumes e temperos naturais.

Sem Comentários

Postar um comentário