Top

Suplementação Proteica: Como Começar De Forma Simples

Suplementação Proteica: Como Começar De Forma Simples

PROTEÍNAS

As proteínas, formadas por aminoácidos, são macronutrientes essenciais para o funcionamento do ser humano.

Em relação a sua procedência, pode ser proveniente de alimentos de origem animal ou vegetal. Proteínas de origem animal são consideradas completas e utilizadas como referência em termos de composição de aminoácidos, como é o caso das carnes, aves, peixes, leite, queijo e ovos. Alimentos de origem vegetal também são fontes significativas de proteínas como, por exemplo, as leguminosas, os cereais, as frutas e as hortaliças.

A necessidade de ingestão proteica assim como a quantidade de qualquer outro macronutriente, varia de acordo com o gasto energético diário, o gênero, a idade e a prática de atividade física. 

A Organização Mundial da Saúde recomenda que a ingestão diária de proteína por idade seja em torno de:

 

SUPLEMENTOS

Os suplementos alimentares são destinados a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos. Esses, cada vez mais utilizados pela população, podem suprir alguma carência da dieta complementar uma alimentação balanceada e equilibrada. Segue, abaixo, alguns exemplos de suplementação:

 

ALBUMINA

albumina, originada da clara do ovo desidratada, é um suplemento de baixo investimento e ótima qualidade. Esse suplemento é rico em BCAAs aminoácido, que contribuem na reconstrução muscular e oferecem energia. Quanto a sua velocidade de digestão, é considerada lenta, que por sua vez, aumenta a saciedade. Geralmente, a albumina é usada com objetivo de aumentar a força muscular e auxiliar na recuperação após exercícios físicos, atuando na regeneração e no crescimento muscular e contribuindo para a reposição energética.

 

CASEÍNA

eita com 80% da proteína do leite e os 20% provindo do Whey, a caseína é rica em glutamina e arginina. A absorção dessa proteína pelo organismo é muito lenta, levando cerca de cinco a sete horas, evitando a perda da massa muscular do corpo.

 

WHEY PROTEIN

whey protein (proteína do soro do leite) é extraído durante o processo de fabricação do queijo. Esse suplemento apresenta alto valor nutricional, contendo elevado teor de aminoácidos essenciais. Além disso, possui alto teor de cálcio e de peptídeos bioativos do soro. Pesquisas recentes relacionam a sua aplicabilidade para atletas e idosos, com possíveis efeitos sobre a síntese proteica muscular esquelética, redução da gordura corporal melhora de performance para atletas e praticantes de atividade física. 

Esse suplemento pode gerar benefícios à saúde como o efeito hipotensivo, antioxidante e contribuir para a redução de colesterol. 

Há três tipos de whey disponíveis no mercado: o concentrado (80% proteína e 20% de carboidrato e gordura), o Isolado (95% de proteína) e o Hidrolizado (92% de proteína).

 

SOJA

soja, considerada um alimento vegetal funcional, fornece nutrientes ao organismo e, consequentemente, benefícios para a saúde. Esse alimento contém glutamina e BCAA, além de isoflavona, responsável por auxiliar nos níveis normais de colesterol. 

Além disso, também constitui boa fonte de minerais como ferro, potássio, magnésio, zinco, cobre fósforo, manganês e vitaminas do complexo B.

Há três variações de proteína de soja: Concentrada (contém 65% de proteína), Isolada (contém 90% de proteína) e a Texturizada, que é conhecida como carne de soja e se encontra na forma granulada ou em pedaços. 

 

Quer acessar mais dicas sobre alimentação e hábitos saudáveis? Acesse nosso blog e tenha acesso a conteúdos exclusivos que nossa equipe prepara para você!

Compartilhe

Sem Comentários

Postar um comentário